terça-feira, 19 de outubro de 2010

[Resenha] É tarde para saber - Josué Guimarães


Editora: L& PM POCKET
Autor: Josué Guimarães
ISBN: 9788525413338
Origem: Nacional
Ano: 2010
Número de páginas: 144




Sinopse: Neste romance, o consagrado autor de A Ferro e Fogo e Os Tambores Silenciosos constrói uma história de amor envolvendo dois jovens cheios de ilusões e esperanças. Com a força e a maestria de sua narrativa, Josué Guimaraes fez de É TARDE PARA SABER um livro apaixonante, que cativa e comove o leitor. É TARDE PARA SABER situase num momento tumultuado da vida brasileira no fim da década de 70. Jovens idealistas de todo o país insurgiam-se contra a ditadura militar correndo riscos diante do enfrentamento com a dura repressão policial. É uma história ambientada naqueles tempos difíceis, onde os presos políticos eram torturados e seguidamente arrancados do convívio de sua família, desaparecendo misteriosamente para sempre. Compromissado com seu país e com seu tempo, este livro de Josué Guimarães é um dos seus maiores sucessos, com mais de 150 mil exemplares vendidos, emocionando leitores em todos os cantos do país. Aqui, o autor de Camilo Mortágua, A Ferro e Fogo (vol. 1 e 2), Enquanto a Noite Não Chega, entre tantos outros, alcança uma vez mais um momento importante dentro da literatura brasileira.


Josué Guimarães, um dos grandes escritores brasileiros do século XX, com obras e contos excelentes, deixando a nós um material de conteúdo nobre. Obras como romancista, jornalista e feitos infantis, e infanto juvenis. Agora um romance de dois jovens no emaranhado dramático da ditadura, os perigos e os desafios.Um autêntico romance caracterizado pelo realismo.
Mariana, de família rica e bom nome, ela sonhadora, acreditando e esperando na angústia de cada dia a resposta de seu amado Cássio, ele na realidade e dificuldades, no real mundo, duro sórdido a todos os  momentos.
Seu pai vive a trabalhar raramente há tempo de ficar em  casa, sempre há viagens a negócio e sua Mãe paralítica, após uma acidente de automóvel na Petrópolis cria em quase totalidade do tempo sua Mariana,  deixa-a namorar Cássio, menino meio anti-social, selvagem, como diria Mariana. Sempre a olhar a lado e outro, jamais disse seu segundo nome, ninguém sabe o que faz ou onde mora, pouco se sabe se é bandido ou mocinho. Vive cá e lá, vindo ora de roupa esfarrapada outrora de calças brins novas. É por esse seu jeito que Mariana apaixonou-se, e toda vez que não recebe notícias fica receosa, ele agora abandonou-me, mas dia próximo ele regressa e a deixa segura. Vagam a altas horas da noite, a ir em cinema e tomar um pequeno café.
Seu pai faz grande contradição a seu namoro, dizendo ele, que este Cássio é má influência e mal futuro. Não diz nome nem trabalhos sabe-se se têm. E mais ainda com o eventual desaparecimento do embaixador, o Pai de Mariana fica a nervos, indignado com a polícia, indignado com o moço pobre a quem a filha nutre amor, indignado às polícias que não reagem. Das alegrias às melancolias. O livro retrata a fundo o contraste de classes entre os ricos e os pobres. A real vida de opressão aos jovens que de tudo faziam por ter a liberdade que tanto se buscava, "o fim da ditadura, o fim das classes oprimidas e o abuso dos nobres e ricos empresários".

Boa leitura Guris e Gurias! ^_^
Ótimo este livro!!!

12 comentários:

  1. Que fofo!
    Não gosto muuto de romances assim, sem nenhum tipo de aventura envolvendo lutas e tal, mas eu achei legal esse livro =D

    ResponderExcluir
  2. rsrsrsrs
    Sabe, nutrimos a mesma opnião.
    Não consigo gostar de romances.Não quando gira somente em torno dos apaixonados, tem de ser, tipo, contando histórias reais de guerra, ou fatos ocorridos e etc..
    Romance não.
    Somente os que contém uma crítica construtiva.

    ResponderExcluir
  3. Achei super fofa a capa *-* Não sei se é o meu tipo preferido de romance mas acho que só vendo para saber mesmo..

    ResponderExcluir
  4. Parece ser muito bom apos ler esta critica!
    Estou elndo agora "querido john" e imagino que ambos os romances se assemelham no que diz respeito ao conflito encenado na obra: enquanto em "é tarde para saber" o problema é a ditadura, no livro de Nicholas Sparks, o obstáculo é o 11 de setembro!

    ResponderExcluir
  5. Ja li este livro é mutio boom!
    Indico

    ResponderExcluir
  6. Eu li esse livro para fazer uma prova de uma escola técnica do 2º grau.....Acabei lendo e gostando de uma história linda de amor e contradições....Li e recomendoo...

    ResponderExcluir
  7. Eu li, mas não entendi se Cássio era um bandido,terrorista,ou um sequestrador q sequestrou o embaixador da suiça.

    Se alguem sabe a resposta me mande por email
    eliseu1903@hotmail.com ou rsponda aqui.

    ResponderExcluir
  8. Muuuuiiiiito podre idiota esse livro tenho que ler para fazer uma prova nada avê e no final o cássio morre contei,....

    ResponderExcluir
  9. AII. no começo vc até se empolga o monte mais o final ñ compenso td o que ela sofreu ñ curti mto mais vai ser baseado nesse livro que vão ser realizadas as provas do LIBERATO mais é um tanto intrigante!

    ResponderExcluir
  10. - Muito enteressante , me ajudou até em um trabalho que eu tinha da escola . Parabéins para quem escreveu este livro !

    ResponderExcluir
  11. muito bom esse livro recomendo para todos que gostam de ler!!!!!parabens jusué guimarães

    ResponderExcluir

Nós adoramos os comentários e as suas opiniões!
Leu? E o que achou? Deixe um comentário!


*Comentário de cunho ofensivo sem critica construtiva serão desconsiderados
*Assim como comentários racistas e com palavras de baixo calão.